O BLOG do Apólogo

mais sobre mim

os mais recentes

Rir a bandeiras despregad...

...

Grécia - A coisa mais fas...

Governo da Grécia anuncia...

Jardins-de-infância "inac...

O novo fenómeno Papa Fran...

Jardim e os testículos do...

Ania Thiemann e os Alemãe...

Coligação treme. Portas c...

OCDE agrava recessão prev...

O Orçamento mais estúpido...

Corte de 5% no subsídio p...

Maioria PSD/CDS-PP aprova...

Salários em atraso dispar...

Cessar fogo na faixa de G...

Execução orçamental - As ...

Quando o solução para os ...

Empresas alemãs “congelam...

Há muito mais pobres do q...

Uma bela confusão!!! Ante...

Casa Pia não acaba e a ve...

Hamas e Israel .. E conti...

Câmara de Lisboa baixa im...

Manifestação em frente ao...

A China e a mudança de po...

Veneza inundada

Austeridade , Austeridade...

Turismo e nostalgia do co...

Novos dirigentes do Estad...

Cada um tem o que merece

guardados

tags

todas as tags

Segunda-feira, 26 de Maio de 2008

O mundo das desevoluções

 

 Joanesburgo, África do sul:

 


 

Quanta incerteza, quanta frustração, quanta raiva, quanto ódio, é necessário existir para ser feita uma coisa destas?

 

 

 

Policias correm em auxílio de um emigrante do Zimbabué a quem populares sul-africanos lançaram fogo. In Global notícias, sexta-feira 19 de Maio de 2008

 

 

In Diário de Notícais de 20 de Maio de 2008

 

Multidão em Fúria. Joanesburgo, Maio de 2008

 


 

 

Temos sempre a imagem (muitos de nós) que o mundo evolui, num sentido, como que caminhando para a frente, numa direcção única, nunca voltando atrás.

 

Mas a história, mesmo nos poucos anos relativos de vida que temos, vai-nos ensinando coisas novas e, na realidade, a evolução não tem direcção nem sentido. O mundo evolui, significando o passar do tempo, dos acontecimentos e transformações diárias nas sociedades e na Terra. Mas não tem direcção nem sentido. Se víssemos a evolução do passar do tempo nas nossas sociedades gráficamente, com uma rosa dos ventos em fundo, poderíamos talvez verificar que o traço do gráfico que ia sendo desenhado, mudava frequentemente de direcção.

 

Se considerarmos um sentido positivo e outro negativo, nessa evolução,  podemos classificá-la como evolução e desevolução.

 

Parece que a  evolução e a desevolução caminham de braço dado, esperando esta última somente as condições propícias para se desenvolver, desevoluindo.

 

Não é um pensamento muito tranquilo nem muito interessante. Sobretudo se pensarmos que as coisas não páram, mesmo, de mudar. Se juntarmos a desevolução a esta equação de mudança, o mundo fica muito mais aterrador, ainda!

 

http://www.euronews.net/index.php?article=487875&lng=6&option=1

 

http://dn.sapo.pt/2008/05/20/internacional/violencia_xenofoba_deixa_joanesburgo.html

 

http://dn.sapo.pt/2008/05/21/internacional/forcas_especiais_combatem_violencia_.html

 

 

 


                 

 

 
sinto-me:

publicado por apólogo às 19:40

link do post | comentar | favorito
|

pesquisar

 

Junho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


Receba notícias nossas
Diga-nos o seu nome e endereço de e-mail:
Nome:
E-mail:
subscrever Sair

Contador

Obama's Complete Victory Speech: Obama Wins the 2012 Election

subscrever feeds