O BLOG do Apólogo

mais sobre mim

os mais recentes

Rir a bandeiras despregad...

...

Grécia - A coisa mais fas...

Governo da Grécia anuncia...

Jardins-de-infância "inac...

O novo fenómeno Papa Fran...

Jardim e os testículos do...

Ania Thiemann e os Alemãe...

Coligação treme. Portas c...

OCDE agrava recessão prev...

O Orçamento mais estúpido...

Corte de 5% no subsídio p...

Maioria PSD/CDS-PP aprova...

Salários em atraso dispar...

Cessar fogo na faixa de G...

Execução orçamental - As ...

Quando o solução para os ...

Empresas alemãs “congelam...

Há muito mais pobres do q...

Uma bela confusão!!! Ante...

Casa Pia não acaba e a ve...

Hamas e Israel .. E conti...

Câmara de Lisboa baixa im...

Manifestação em frente ao...

A China e a mudança de po...

Veneza inundada

Austeridade , Austeridade...

Turismo e nostalgia do co...

Novos dirigentes do Estad...

Cada um tem o que merece

guardados

tags

todas as tags

Terça-feira, 11 de Junho de 2013

Governo da Grécia anuncia fecho imediato da TV e rádio públicas

«Governo da Grécia anuncia fecho imediato da TV e rádio públicas Hoje será o último dia de emissão na ERT, cujos trabalhadores se reuniram de urgência para analisar a situação. Decisão foi imposta pela troika, cujos representantes estão em Atenas

 

Lusa 17:52 Terça feira, 11 de  junho de 2013

O Governo grego anunciou hoje o encerramento imediato da  televisão e rádio pública, ERT, o que vai levar ao despedimento de 2700 pessoas.  

"A ERT é um caso de extraordinária falta de transparência e de  incrível esbanjamento. Isso acaba agora", disse o porta-voz do Governo, Simos  Kedikoglou, em conferência de imprensa. "A ERT deixa de existir após o fecho da  emissão esta noite. Em seu lugar, começará a funcionar o mais rapidamente  possível um organismo público, moderno, com muito menos pessoal", acrescentou.  

Segundo a imprensa grega, a ERT conta atualmente com perto de  2700 funcionários.

O porta-voz disse que os trabalhadores serão despedidos e  indemnizados e que poderão candidatar-se a um posto de trabalho na nova  organização. 

"O Governo está disposto a sacrificar a rádio e televisão  pública para cumprir" as exigências dos credores internacionais (Comissão  Europeia, Banco Central Europeu e Fundo Monetário Internacional), afirmou o  sindicato da ERT em comunicado.»

 

 

Isto está um saque impensável ... Nem no mais fértil imaginário dos críticos do sitema alguém pensou que se poderiam passar coisas estas num país independente (vê-se que já não é ) e numa democracia no seio do União Europeia. Fecham estes órgãos de informação "à pressão", como quem diz: estão contra nós, vai tudo para a rua !!! Depois dizem que vão criar OUTRA empresa pública, rapidamente !!! (???) e que os tranbalhadores entrwatnto despedidos e a quem foram pagas indemnizações podem concorrer à nova empresa a criar !!!! E para isto tudo há dinheiro !!...

 

Surreal

 

Expresso
http://expresso.sapo.pt/governo-da-grecia-anuncia-fecho-imediato-da-tv-e-radio-publicas=f813322#ixzz2Vw1yLZb8

publicado por apólogo às 19:48

link do post | comentar | favorito
|

pesquisar

 

Junho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


Receba notícias nossas
Diga-nos o seu nome e endereço de e-mail:
Nome:
E-mail:
subscrever Sair

Contador

Obama's Complete Victory Speech: Obama Wins the 2012 Election

subscrever feeds