O BLOG do Apólogo

mais sobre mim

os mais recentes

Rir a bandeiras despregad...

...

Grécia - A coisa mais fas...

Governo da Grécia anuncia...

Jardins-de-infância "inac...

O novo fenómeno Papa Fran...

Jardim e os testículos do...

Ania Thiemann e os Alemãe...

Coligação treme. Portas c...

OCDE agrava recessão prev...

O Orçamento mais estúpido...

Corte de 5% no subsídio p...

Maioria PSD/CDS-PP aprova...

Salários em atraso dispar...

Cessar fogo na faixa de G...

Execução orçamental - As ...

Quando o solução para os ...

Empresas alemãs “congelam...

Há muito mais pobres do q...

Uma bela confusão!!! Ante...

Casa Pia não acaba e a ve...

Hamas e Israel .. E conti...

Câmara de Lisboa baixa im...

Manifestação em frente ao...

A China e a mudança de po...

Veneza inundada

Austeridade , Austeridade...

Turismo e nostalgia do co...

Novos dirigentes do Estad...

Cada um tem o que merece

guardados

tags

todas as tags

Quinta-feira, 3 de Novembro de 2005

As despesas da pré-campanha (presidenciais 2006)

 


‘Tá visto que as despesas da pré-campanha, pelo menos nesta fase, são do Dr. Mário Soares.

Cavaco Silva passeia, pouco falador (como sempre), a sua vantagem de muitos pontos percentuais, nas sondagens. Com uma vantagem daquelas e sem dizer nada, para quê falar? Quanto mais disser, mais pode perder. Subir mais é que já não dá.Assim há que ser parcimonioso nas intervenções (ou não fosse ele economista em tempo de crise!). Mas sempre vai dizendo que, a ser eleito, vai ser um presidente interventor, com uma visão alargada dos poderes presidenciais e uma acção fiscalizadora da acção do governo. Isto promete. (Onde é que eu já ouvi isto? Não foi o Dr. Jorge Sampaio a prometer que não abdicava dos seus poderes na acção fiscalizadora do governo de Santana Lopes?)

Entretanto, tanta vantagem tem Cavaco que Mário Soares se vê na obrigação de o provocar permanentemente, tentando diminui-lo na sua competência política para a função, na sua concepção de democracia, enfim, chama-lhe tudo para o "tirar do sério", tentando desgastar aquela imagem impoluta.

Manuel Alegre, tão calado, tem que começar a aparecer, ou corre o sério risco de que as mediáticas intervenções do Dr. Mário Soares o releguem, a ele, para um terceiro lugar que, até aqui, não é o seu.

Acorde, Senhor doutor, acorde.



publicado por apólogo às 23:55

link do post | favorito

Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

pesquisar

 

Junho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


subscrever feeds