O BLOG do Apólogo

mais sobre mim

os mais recentes

Rir a bandeiras despregad...

...

Grécia - A coisa mais fas...

Governo da Grécia anuncia...

Jardins-de-infância "inac...

O novo fenómeno Papa Fran...

Jardim e os testículos do...

Ania Thiemann e os Alemãe...

Coligação treme. Portas c...

OCDE agrava recessão prev...

O Orçamento mais estúpido...

Corte de 5% no subsídio p...

Maioria PSD/CDS-PP aprova...

Salários em atraso dispar...

Cessar fogo na faixa de G...

Execução orçamental - As ...

Quando o solução para os ...

Empresas alemãs “congelam...

Há muito mais pobres do q...

Uma bela confusão!!! Ante...

Casa Pia não acaba e a ve...

Hamas e Israel .. E conti...

Câmara de Lisboa baixa im...

Manifestação em frente ao...

A China e a mudança de po...

Veneza inundada

Austeridade , Austeridade...

Turismo e nostalgia do co...

Novos dirigentes do Estad...

Cada um tem o que merece

guardados

tags

todas as tags

Quarta-feira, 31 de Agosto de 2005

Candidato a Presidente


Que princípio de século este, em Portugal, que carrega tantas incertezas e dúvidas, tantos défices e dificuldades, tantas expectativas frustradas, realizações falhadas em que, de modo subitâneo, até o clima mudou.

Nestes primeiros anos da década de 2000, quando todos esperavam conseguir navegar, nesta nova Europa, em velocidade de cruzeiro, eis que cai o mundo aos pés do povo. É atacada a capital do mundo, caem as torres gémeas, surgem guerras inesperadas, a Europa está em crise económica e política.

Nesta primeira eleição presidencial deste século ( sim , porque a outra foi só uma reeleição ) para não destoar deste panorama, temos uma grande falta de imaginação, desta nossa esquerda. O candidato às eleições presidenciais, desta area política, é o que já foi. É bem a prova de que não há a renovação que não aconteceu. A esquerda navega, cada vez mais, em águas passadas, em ideias passadas, em realidades passadas, sem noção que, por ser esquerda, tem que ser renovadora, tem que ter ideias novas, tem que estar na crista do onda das novas soluções e teria, sempre, que construir uma nova sociedade. Ao invés disto, a esquerda transformou-se em força da situação, em força conservadora, enfim, na força que, em Portugal, mais defende e chama por valores velhos, alguns de mais de um século que, enterrados, alguns teimam  em exumar constantemente.

Assim, a pedido de muitas famílias o Dr. Mário Soares decidiu dar o dito por não dito: quando ele disse, em Dezembro, mais coisa menos coisa que uma recandidatura estaria fora de causa porque seria um erro enorme, não valeu. Afinal, tem que ser ele a assumir uma candidatura da esquerda, tem que ser ele a unir os Portugueses, tem que ser ele a vir para a televisão puxando os galões de anti-fascista ( mais uma vez um passado enterrado ), e puxando os galões de uma, sem dúvida, brilhante carreira e dizer: esperei por uma renovação que não houve, não posso deixar de responder ao apelo dos que pretendem que só eu posso vencer Cavaco Silva. Não posso deixar de me recandidatar só para evitar que ganhe outro. Não devo arriscar a que este governo da super-maioria absoluta tenha que governar com outro presidente.

Dr. Mário Soares, as carreiras brilhantes, também devem ser brilhantes no fim. Os novos valores não surgem se os brilhantes não saem do caminho reservando-se, nesse seu papel de brilhantes, para ajudar os outros. Não há renovação nem inovação, sem risco.

Grave erro este, desta nossa esquerda, que deste lado político já só tem o nome. Erro enorme, o seu, segundo as suas próprias palavras, numa recandidatura a Belém. A sua análise política sobre este assunto era correcta em Dezembro, como o é agora. A sua prática é que não o é !

 


publicado por apólogo às 19:59

link do post | favorito

Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

pesquisar

 

Junho 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


subscrever feeds